Buscar
  • Julia Scheibel

Germinar Vida

E me desnudo

Encontro no frescor e ardor

De ser eu mesma

E consagro minha humanidade,

Minha pouca santidade.

Entre ser o que vivo e o sinto

E nessa “consagra ação”

De ações mundanas

Sinto que me elevo

Por ser tão humana!

Tão forte,

Tanta “des…graça”

Da Raça de se encontrar,

Perfurada!

De amor e dor!

De ressoar…

No acalanto e no prazer

De viver

E assim, me esvaeço

Transbordo.

Germino,

Acalanto e me abençoo

Casulo

E me exponho ao Sol

Renasço

Flor

#germinar #poesia #vida

0 visualização

©2019 por Júlia Scheibel. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now